quarta-feira, 21 de junho de 2017

Os sabores da Baixada da Sobral estão cada vez melhores - Charlene Carvalho


Se você não conhece, não sabe o que tá perdendo…
Nunca morei na Sobral e adjacências. Na real, a Sobral, Sobral mesmo – a estrada -, sempre me foi meio distante. Já o restante da região, Palheiral, Bahia, Ginásio e, principalmente, o João Eduardo, conheço bem. Aliás, conheço meia dúzia de caminhos na parte antiga da Baixada. Tenho parentes e amigos lá. Gente da melhor qualidade. Cresci por lá. Também fui a muito culto na Moriá. E só tenho boas memórias.

Tempo desses fui com o Paulo Sampaio Jr. numa ação social lá no final da Bahia. Me mandaram um mapa do Google. Quando entrei na Campo Grande e vi que ia dar na escola Frei Tiago Matiolli, disse logo: fica de boa que a gente não vai se perder, sei onde estou. Sabia mesmo. Ele me olhou meio assustado por eu ir direto, sem entrar em rua errada. A Mendes de Sá eu conheço todinha, pessoas, assim como a rua A do Palheiral e a Campo Grande do João Eduardo e muitas ruas paralelas dali.



Leia tudo.

domingo, 4 de junho de 2017

Autor do 1º gol no Arena da Floresta espera até hoje por homenagem

Rogério Tarauacá

Em dezembro de 2006, diante da seleção olímpica brasileira, Rogério Tarauacá fez a alegria de vinte mil expectadores presentes a Arena da Floresta ao marcar o primeiro gol no estádio que projetou o futebol acreano.

Na época, ele jogava no futebol equatoriano e foi convidado pela diretoria do Rio Branco FC para o amistoso diante dos campeões sulamericanos.

O Estrelão venceu o confronto por 2 x 1 e Rogério Tarauacá entrou para a história ao balançar pela primeira vez as redes da Arena.

Na ocasião, lembra ele, o então governador do Acre, Jorge Viana (PT), disse que faria uma homenagem ao artilheiro durante um solenidade que realizaria no Palácio Rio Branco.

Leia no AC24HORAS