quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Dívidas deixadas pelo PT na prefeitura de Porto Acre só serão pagas por via judicial diz vice-prefeito eleito



A prefeitura de Porto Acre, administrada pelo Partido dos Trabalhadores (PT), estaria afundada em dívidas não só com o funcionalismo público, mas também com a maioria dos fornecedores, empreiteiras e prestadores de serviços, é o que informa o vice-prefeito eleito Sérgio Baquer (PSDB).
Segundo Baquer, à administração municipal vive a sua pior gestão na história da política recente. “a prefeitura completamente sucateada,  cheia de dívidas e acima de tudo, com contratos assinados mediante o pagamento de propinas  entre as empreiteiras e o atual prefeito Zé Maria (PT)”, denuncia.
O vice-prefeito disse que tanto ele, quanto o prefeito eleito Carlinhos da Saúde (PSDB), tentaram de todas as formas argumentarem com o Zé Maria, para que ele coloque na mesa os documentos da atual administração para tenham ciência dos acordos firmados, mas nem mesmo a relação do patrimônio da prefeitura foi disponibilizada até o momento.
Sérgio Baquer disse que esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE), para alertar os conselheiros que os pagamentos atrasados deixados  por Zé Maria, só serão pagos por Via Judicial.
“A nossa administração não pode  arcar com as irresponsabilidades deixadas pelo prefeito Zé Maria. Muitos dos servidores estão sem receber seus salários há mais de quatro meses, as empreiteiras e prestadoras de serviços não recebem os seus pagamentos e ninguém da equipe desse governo sabe explicar para onde está indo o dinheiro do Fundo de Participação Municipal (FPM) e os recursos do governo federal garantidos em Lei”, destaca Bequer.
Outras irregularidades apontadas pelo vice-prefeito são de que os maquinários e implementos agrícolas da prefeitura estão praticamente todos quebrados e sem manutenção.
“A cidade de Porto Acre está literalmente abandonada. Sabemos que teremos muitos desafios pela frente, mas com fé em Deus, boa vontade e muito trabalho, eu, o Carlinhos e nossa equipe  vamos fazer da nossa querida cidade, um lugar melhor para se viver”, garante.
Procurado para falar sobre as denúncias, o atual prefeito Zé Maria não é visto na cidade, desde o último final de semana. A prefeitura foi invadida por servidores públicos reivindicando os seus salários atrasados do mês de dezembro e o 13º salário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário