sábado, 22 de fevereiro de 2014

Sobre os arrastões e blitz da polícia na Baixada da Sobral


Os arrastões que a polícia faz nos bairros não é melhor que a presença permanente nas ruas. Lembro que nas gestões do major Juvenal e Paladino, na Baixada da Sobral, foi o período onde a população se sentiu mais segura. Primeiro pq a policia estava diariamente em rondas ostensivas e, segundo, pq os comandantes tinha contato direto com a comunidade, se faziam presentes, conversavam com as pessoas, ouvia reclamações e sugestões. Isto elevou muito a moral da polícia e o sentimento de segurança na comunidade. Embora seja útil, essas blitz servem mais pra demonstrar a força da policia, mas não resolve nada. Ou vcs acham que os bandidos são bestas de passar por uma blitz?

Os assaltos e roubos são planejados.

 Os bandidos não vão está por aí rodando de carro atoa com armas. Eles atuam na hora certa, quando a policia menos espera. Investimento bom seria na polícia civil, em inteligência, pra desmontar as ações da bandidagem. 

Com esses arrastões, no máximo prendem algum bêbado de bem, aplicam algumas multas e enchem o saco dos motoristas. Operação boa é a do dia-a-dia, com rondas ostensivas e envolvimento com a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário