segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Há que se fazer justiça



A agência digital Medialogue apurou que 77% dos parlamentares não respondem e-mails dos eleitores, não permitem comentários em seus sites e tão pouco são transparente quanto a sua atuação ou a verba utilizada.


Aqui no Acre, esse percentual deve ser muito maior, mas há também políticos que em vez de medo de contato com o eleitor, se utiliza dessa nova ferramenta para estar mais perto e interagindo. Cito aqui o deputado Moséis Diniz, o ex-deputado Luiz Calixto e o Senador Petecão.


Outros polítcos também tem blogs, sites e Facebook, mais pouco interagem e, quando se utiliza, usa sempre assessores  para divulgar algo que lhes interessa e, nunca para discutir diretamente com o eleitor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário